ANO XIV

ANO XIV - Catorze anos informando sobre o mundo do trabalho

sábado, 22 de agosto de 2020

CAGED aponta aumento de 131 mil novas vagas em julho

O CAGED – Cadastro Geral de Empregados e desempregados, do IBGE, divulgado ontem (21/08/2020) mostrou um aumento de 131 mil novas vagas de trabalho em julho. Esse número mostra que o desastre gerado no mercado de trabalho pela Covid-19 não foi tão grande quanto esperado. O número de desempregados ainda é muito grande e mesmo o mercado informal foi duramente afetado. Não só milhares de trabalhadores formais perderam seus empregos como também os trabalhadores informais e autônomos perderam sua renda. Durante esse período de pandemia foi de aproximadamente 1,5 milhão o número de postos de trabalho perdidos. Todavia, nos últimos meses já foram recuperados quase 500 mil vagas, mas ainda temos 1 milhão de postos de trabalho perdidos desde março a recuperar para chegarmos ao mesmo nível de antes de março, quando os empregos começaram a ser afetados pela pandemia. Esse número foi o melhor para o mês de julho desde 2012. No ano passado, ou seja, em 2019, no mês de julho foram criadas apenas 44 mil novas vagas, quando a economia começava a esboçar alguma reação positiva. Houve aumento no número de vagas em praticamente todos os setores da economia, menos no de Serviços (-15948). Os setores que mais empregaram foram a Indústria (53.590), Construção (41.986), Comércio (28.383) e Agropecuária (23.027). O bom resultado aconteceu em quase todo o país. Foram 25 estados com resultado positivo, sendo São Paulo com a maior abertura de vagas (22.967) e Sergipe com o pior resultado (-804). Houve ainda um pequeno aumento na renda do trabalhador em relação a junho. Os números da Economia em geral, apontam agora para um resultado não tão ruim como era esperado. Os economistas previam uma queda do PIB – Produto Interno Bruto de até 8% em 2020, porém agora a previsão é mais otimista, com uma queda de “apenas” 4% para este ano. AGORA VOCÊ TAMBÉM PODE ACOMPANHAR OS TEMAS DO BLOG O MUNDO DO TRABALHO NO YOUTUBE. ENTRE NO LINK ABAIXO, INSCREVA-SE NO CANAL E DÊ UM "JOINHA" NO VIDEO. O MUNDO DO TRABALHO