segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

ALMOÇO NO 21º D.S. do Exército em São Paulo


No início do segundo semestre de 2009, participamos de um almoço de confraternização no 21º D.S. do Exército, onde fomos recebidos pelo comandante da unidade, Coronel Luiz Antônio Ribeiro. Neste almoço, tivemos a oportunidade de nos dirigir aos oficiais da daquela unidade do exército, sobre inserção no mercado de trabalho de soldados que dão baixa do serviço militar, e de que forma poderiamos auxiliar nessa ação.
Estiveram também presentes nesse almoço, Fábio Ferreira, diretor do Ciesp Oeste,o presidente do Rotary Lapa, Luis Suman e o presidente do Consabs, José Benedito Boneli Morelli.

sábado, 19 de setembro de 2009

PESQUISA PNAD 2008 - Grau de instrução X Mercado de Trabalho

A pesquisa PNAD (pequisa nacional domiciliar) mostrou, dentro de de várias áreas pesquisadas, que pessoas com baixo grau de escolaridade apresemtam miores dificuldades de encontrar oportunidades no mercado de trabalho. O tempo mínimo de estudo recomendado pela UNESCO é de 10 anos. A média no Brasil ficou em 7,1 anos. No sudeste 7,7 anos (nível mais alto) e no nordeste 5,9 anos (nível mais baixo). Em nosso dia a dia observamos a dificuldade que as pessoas com pouco tempo de escolaridade tem em se inserir no mercado formal de trabalho, e mesmo que consigam, atuam em empregos com baixo nível de salário e pouca perspectivas de evolução profissional. Essas pessoas acabam tendo por saída para a sobrevivência de sua família o mercado informal ou o subemprego. Pessoas que possuem algum talento especial ou uma vocação mais empreendedora, que sabe que suas chances são melhores com trabalho e não apenas com o emprego, acabam se dando melhor, mas mesmo assim, poucos vencem. Sempre que posso, recomendo a todos os trabalhadores que estão em busca de emprego, e claro, para aqueles que também estão empregados, continuar os estudos. Seja nos cursos regulares para aqueles que ainda não completaram sua graduação, seja em cursos profissionalizantes, especializações, etc, mas que nunca parem de estudar, de aumentar o seu conhecimento. Isso é fundamental. No título dest post, coloquei um link para uma matéria exibida no Jornal Nacional em 18/09/2009 que fala sobre isso.

domingo, 13 de setembro de 2009

QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL

QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL
Sabemos da importância de estar preparado para o mercado de trabalho, principalmente capacitados para as atividades que nos propomos a realizar e que o mercado necessita. Todavia para a grande massa da população essa questão é mais complicada. Nem todos podem pagar por cursos de capacitação técnica e o pior, os cursos proporcionados pelo poder público além de não conseguir atingir a todos que desejam e necessitam dessa capacitação, não proporcionam o conhecimento necessário para que as pessoas conquistem seu espaço no mercado de trabalho. Os planos de qualificação oferecidos pelo governo federal, não estão levando em consideração as vocações regionais, fazendo que, por exemplo, um mesmo curso que é aplicado em todo o país, em uma determinada região essa formação não vai ajudar o cidadão, pois pode ser que nesta região não haja demanda por aquele profissional. Essa questão precisa ser revista.
Alguns estados e municípios como São Paulo, possuem iniciativas que oferecem cursos de qualificação e capacitação profissional, com base na demanda do mercado e que além da capacitação técnica oferece reforço escolar, proporcionando ao cidadão mais do que um curso técnico de qualificação, mas um conhecimento que vai além daquela profissão que almeja.
Esta forma de conduzir os programas e políticas públicas de qualificação profissional demonstram que este modelo proporciona muito mais resultados que o modelo atual que não leva em conta a “regionalidade” e um conteúdo que englobe reforço escolar e cidadania.
O ideal é também, que o programa esteja disponível para a população durante todo o ano e se acordo com as demandas do mercado, e não apenas realizado de afogadilho no apagar das luzes de cada ano.
O poder público não fabrica empregos, mas com uma boa política de qualificação profissional, pode ajudar muitos trabalhadores a se firmar ou conquistar o seu espaço no mercado de trabalho. E é importante também que as empresas sejam parceiras do poder público nessa questão, pois são elas que demandam os profissionais.

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

PALESTRAS E ORIENTAÇÃO PARA O TRABALHO

SERVIÇO:
A Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo, por meio dos Centros de Apoio ao Trabalho, oferecem todas às segundas feiras palestras e orientações para o mercado do trabalho. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas nas unidades dos Centros de Apoio ao Trabalho.

Acontecem também semanalmente, palestras e oficinas destinadas aos pequenos empresários, empreendedores e demais interessados, com temas de interesse para esse público.

COMISSÃO MUNICIPAL DE EMPREGO

No próximo dia 3 de setembro as 15h, será inaugurada a nova sede da CME de São Paulo, que ficará em uma sala no prédio do Centro de Apoio ao Trabalho da Luz. A Comissão é formada por representantes dos trabalhadores, dos empregadores e do Poder Público.

quinta-feira, 16 de julho de 2009

PALESTRA PARA SOLDADOS DO EXÉRCITO

No próximo dia 21, realizaremos uma pelestra para jovens soldados, que em breve estarão deixando o serviço militar e entrarão no mercado de trabalho. A Palestra tem como objetivo discutir sobre o mercado de trabalho, a empregabilidade e fornecer dicas sobre a busca de oportunidades de trabalho, entrevistas de emprego, etc.

segunda-feira, 22 de junho de 2009

CURSO EM CURITIBA: TUDO O QUE VOCÊ QUERIA SOBRE FRANCHISING


"Tudo o que você queria saber sobre Franchising”
DATA E HORÁRIO: 08/07/2009 - 8H30 ÀS 17H30 HORAS
LOCAL: AMCHAM BUSINESS CENTER – RUA EURÍPEDES GARCEZ DO NASCIMENTO , 1004 PRÓXIMO AO MUSEU DO OLHO E EM FRENTE A IGREJA SANTO AGOSTINHO.
INVESTIMENTO: R$ 300,00

segunda-feira, 4 de maio de 2009

QUANTO VALE A APRESENTAÇÃO PESSOAL

A apresentação pessoal é fundamental na hora de uma entrevista de emprego e mesmo durante a vida profissional. O que é a apresentação pessoal? Em resumo, nada mais é do que aquilo que você demonstra ser, a impressão que você passa para seu interlocutor em um primeiro momento. Isso vai desde a higiene pessoal, como cabelos e barba aparadas, unhas cortadas, até as roupas e maquiagem adequadas, por exemplo.
Vejam esta reportagem no SPTV do dia 4 de maio, que fala sobre a importância da apresentação pessoal na hora da busca pelo emprego.

domingo, 22 de março de 2009

II Seminário de Empreendedorismo e Desenvolvimento Regional

Já está em andamento a organização do II Seminário de Empreendedorismo e Desenvolvimento Regional em Pirituba (zona Oeste de São Paulo), organizado pelo SEBRAE, Secretaria Municipal do Trabalho/Centro de Apoio ao Trabalho, CIESP, SENAC, SENAI, Associação Comercial de São Paulo-Distrital Pirituba e Subprefeitura de Pirituba.

O evento está previsto para acontecer no dia 6 de maio de 2009 e pretende repetir e ampliar o sucesso do evento do ano passado.

Em breve divulgarei aqui a programação do evento.

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

EM BUSCA DO EMPREGO - PARTE II

Na postagem anterior falamos um pouco sobre como começar a busca por um emprego. Começamos pelo planejamento e pela sua boa apresentação na hora de entrevista.


Agora é hora de se mostrar de verdade. É muito importante causar uma boa impressão; uma boa primeira impressão. Não seja invasivo colocando, por exemplo, seus pertences na mesa do entrevistador e nem pegue nada que estiver por ali. Desligue o celular. Se ele tocar nessa hora, suas chances poderão encerrar ali mesmo.

Mostre segurança e objetividade, mas cuidado para não parecer arrogante. Toda pergunta do entrevistador merece resposta, então responda com segurança e objetividade, não se alongue. Cada resposta deve ter ainda um foco em sua vida profissional. Uma questão do tipo "fale de você" deve ser respondida com informações profissionais. Explique as informações que estão em seu currículo e mostre que é um profissional que pode contribuir muito com a empresa.

Continuo depois com mais dicas.

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

A BUSCA DE UM EMPREGO

Você sabe o que fazer quando vai procurar um emprego?

Você ficou desempregado e precisa buscar uma nova colocação. O mercado de trabalho é muito competitivo e tem muita gente disputando esse espaço com você.

O passo inicial é saber o que você deseja, estabelecer um foco e preparar o seu curriculo.

Nesse período de desemprego há uma tendência de nos fecharmos e não comentar com ninguém, "afinal é um tanto humilhante estar desempregado" - "o que os outros irão pensar? Que sou vagabundo?" - NUNCA PENSE DESSA MANEIRA, pois se você não contar pra ninguém que está sem emprego, como alguém poderá ajudá-lo? Sabemos que mais de 90% das oportunidades de emprego hoje em dia são preenchidas por indicação de algum amigo, um conhecido, um ex-colega de trabalho, enfim, quanto mais você divulgar a sua situação, mais chances você terá. É preciso ser lembrado. Portanto, mantenha sempre contato com seus amigos, colegas de profissão, ou seja, mantenha ativo o seu "network".

Isso posto, é hora de correr atrás. Vamos utilizar todos os meios possíveis, mas sempre com foco. Faça contato com empresas de seu ramo profissional, insira seu currículo nos sites especializados, cadastre-se no sistema público de emprego (SINE), etc.

Surgiu a oportunidade de uma entrevista e como fazer para aproveitar a chance? Planeje essa entrevista. Esteja preparado para fornecer todas as informações que forem solicitadas sobre sua vida profissional de forma clara e objetiva. Busque antecipadamente conhecimento sobre a empresa. Saiba o que ela faz, o seu tamanho, que tipo de empresa ela é. Essas informações podem ser obtidas na Internet, por exemplo. Deste modo você poderá se preparar melhor para essa entrevista e mostrar ao empregador que você se interessa pela vaga e pela empresa. No momento que chegar na empresa, seja observador, absorva as informações visuais que o local apresenta. Você vai ver se tem organização, se é bem conservada, se os funcionários estão vestidos formal ou informalmente, etc. Isso vai te ajudar a perceber que tipo de perfil a empresa busca.

Apresente-se adequadamente, ou seja, vá vestido de forma adequada, seja simpático e firme. Cabelos penteados e barba feita (para os homens) e mulheres, não abusem dos acessórios ou roupas extravagantes.

Tente ficar tranquilo e apresentar segurança, afinal você está ali para oferecer algo para a empresa: o você profissional, os seus serviços. E em troca receberá a sua merecida remuneração. É uma troca, um negócio.

Amanhã eu continuo...

ESTEJA SEMPRE ATUALIZADO

É muito importante que nesses tempos de maior competitividade e com o agravante de uma crise econômica que se aproxima, que cada um esteja bem preparado, atualizado e com muita disposição para enfrentar o mercado de trabalho. Se você está buscando uma oportunidade, planeje-se e prepare-se. Busque algo mais, o seu diferencial em relação aos concorrentes. Se você está trabalhando, você tem que provar que é importante para seu empregador. Manter o emprego é quase tão complicado como procurar uma colocação. O mercado procura profissionais polivalentes, com capacidade de executar diferentes funções e de fácil adaptação. Aprenda a cada dia.



Matéria veiculada no BOM DIA BRASIL da TV GLOBO em janeiro de 2009