ANO XIV

ANO XIV - Catorze anos informando sobre o mundo do trabalho

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

ATENÇÃO EMPREENDEDORES DE CURITIBA: COMO TRANSFORMAR SUA EMPRESA EM UMA FRANQUIA

COMO TRANSFORMAR SUA EMPRESA EM UMA FRANQUIA
DATA: 14 de setembro Quarta-feira - 8h00 as 12h00
Curitiba- Paraná
INSTRUTOR: MARCIO TADEU AURELIO
PÚBLICO ALVO: Empresários, microempresários e interessados no tema.
INVESTIMENTO: R$ 150,00 ( inclusos: apostila e certificado eletrônicos e coffee break )
LOCAL: Universidade Livre do Comércio da ACP – Rua XV de Novembro, nº 621 – 4º Andar
INFORMAÇÕES: (41) 3077-2070 / (41) 9928-1238

EMPREGABILIDADE: Qual é a sua?

Você sabe o que é empregabilidade? Você sabe como anda a sua empregabilidade?


Empregabilidade, em um conceito simples, é a capacidade de um profissional se recolocar no mercado de trabalho. Essa capacidade depende de diversos fatores, que podemos dividir em dois grupos: 1. Internos ou pessoais: como nível de escolaridade, experiência profissional, domínio de idiomas, conhecimento técnico, etc. 2. Externos: tamanho do mercado de trabalho, nível de atividade econômica, demanda de mercado, etc.

Assim, podemos deduzir que a empregabilidade não depende apenas da capacidade profissional da pessoa, mas também de fatores que fogem do domínio do trabalhador. Um exemplo disso foi a grande transformação do mercado de trabalho nos anos 80 e 90, onde muitas indústrias do setor metalúrgico em São Paulo fecharam ou se mudaram para outros estados e com isso um exército de profissionais do setor, embora altamente treinados e capacitados não tinham mais espaço no mercado de trabalho. Então o nível de empregabilidade dessas pessoas era baixo, ou seja, com poucas chances de retornarem ao mercado de trabalho. Ao mesmo tempo o mercado de trabalho no setor de informática crescia para os técnicos, pois era um mercado em ascensão e, portanto, a empregabilidade desses profissionais estava em um nível elevado. Com esses exemplos, mostramos que a empregabilidade nem sempre está ligada apenas à capacidade e nível de conhecimento do profissional, mas claro que sem esse conhecimento e preparo, mesmo com a economia em alta e o mercado de trabalho crescente, nenhum profissional chega ao sucesso.

Esteja sempre preparado para o mercado de trabalho e seja sempre um ser profissional em evolução. Fique “antenado” com o mundo a sua volta e atento às tendências do mercado de trabalho. Lembre-se ainda que conhecimento é a chave que abre muitas portas.

Agora avalie seus conhecimentos, veja se seu nível acadêmico é compatível com suas aspirações profissionais; se seus conhecimentos técnicos e sua experiência são capazes de te incluir de forma satisfatória no mercado de trabalho na profissão que escolheu... Faça sua parte e contribua para que a sua empregabilidade esteja mais em suas mãos do que nos fatores externos.