ANO XIV

ANO XIV - Catorze anos informando sobre o mundo do trabalho

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

PERFIL NA REDE SOCIAL PODE ATRAPALHAR NO PROCESSO SELETIVO

Não é de hoje que as empresas, durante um processo seletivo, visitam as páginas dos candidatos nas redes sociais para conhecer um pouco mais sobre eles e muitas dessas visitas definem o futuro desse candidato na seleção. Já falamos sobre isso em outros artigos, mas destacamos que agora, a maioria absoluta das empresas faz isso.

Mesmo que o candidato esteja indo bem nas etapas do processo, a sua página nas redes sociais diz muito sobre seu comportamento e assim, a empresa pode avaliar como será o comportamento dentro da empresa, no dia a dia de trabalho.

Coisas do tipo  “VASP – Vagabundos Assumidos Sustentando pelos Pais” ou “PACO - Preguiçoso Assumido Com Orgulho” e ainda fotos com copo de bebida alcoólica na mão, fotos sensuais, acesso a determinados conteúdos e outras situações semelhantes podem ser suficientes para a eliminação do processo seletivo.

Muitos perguntam: “o que minha vida particular tem a ver com minha vida profissional?”. Do ponto de vista comportamental tem tudo a ver. O seu comportamento em seu meio social é reproduzido de uma forma ou outra no dia a dia da empresa e se seu comportamento não for adequado, não será aceito dentro da empresa.

A dica aqui é evitar a exposição desse tipo de comportamento, que às vezes não passou de um momento eventual de diversão. Estar com um copo na mão não significa necessariamente que é um alcoólico viciado. Assim, a sugestão é que tais fotos sejam privadas, ou seja, não públicas, onde somente determinadas pessoas podem ver. A intenção aqui não é enganar o selecionador, mas evitar que eventuais situações sejam confundidas com comportamento inadequado. Já aquelas frases que citei acima “VASP” e “PACO” nunca devem ser utilizadas.

Um dado interessante a ser lembrado é que a maioria das pessoas que são demitidas de seus empregos tem como motivo da demissão o comportamento inadequado e não profissional. Raramente é por deficiência técnica no desempenho de suas funções (não incluo aqui quando a demissão se dá por questões financeiras da empresa).


Portanto, revise seu perfil e as informações de suas páginas nas redes sociais. Isso pode ajudar a não ser eliminado do processo seletivo antes do tempo.

Artigos relacionados:
http://www.omundodotrabalho.com.br/2013/09/o-papel-das-redes-sociais-na-busca-por.html



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário