ANO XIV

ANO XIV - Catorze anos informando sobre o mundo do trabalho

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

QUE TIPO DE TRABALHADOR A EMPRESA PREFERE?

O que é melhor: ser uma pessoa que trabalha muito ou que seja mais produtiva?

É de certa forma evidente que as empresas gostam muito daqueles que trabalham muito, os chamados “workaholics”, mas outras empresas encaram isso como um vício tolerável, já que favorece a empresa. Ainda há outra questão: nem sempre quem trabalha muito é o mais produtivo. Então, o “ideal” para a empresa é aquele que trabalha muito e com produtividade elevada. O que a empresa busca é a obtenção de bons resultados, portanto, trabalho e produtividade devem andar juntos.

Se você se considera um bom profissional, dedicado e que trabalha muito, veja se sua produtividade acompanha seu ritmo de trabalho. Trabalhar em excesso pode não ser o ideal, já que corre o risco de negligenciar outros pontos de sua vida profissional e pessoal. Você pode destoar de sua equipe, ter problemas de relacionamento no trabalho, perder oportunidades de se atualizar e ampliar seus conhecimentos técnicos e de mercado. Na vida pessoal, você pode estar deixando de participar de momentos familiares importantes e ainda desperdiçar um valioso tempo dedicado a você mesmo, cuidando da saúde e do lazer.

Uma auto-análise é fundamental e buscar o equilíbrio é sempre o melhor caminho. Alguma vez já se perguntou por que trabalha tanto? Por que isso é tão necessário? É vício ou necessidade? Se seu foco estiver totalmente no trabalho, isso é vício. Lembre-se: há um mundo fora do escritório. Há família, amigos, lugares...

Vamos deixar aqui algumas dicas para ser um profissional mais produtivo, e quem sabe, mais desejado pelas empresas.

1. Assumir tudo que lhe pedem para fazer pode trazer uma sobrecarga e isso não vai acabar bem. Ou não conseguirá fazer tudo ou não fará bem feito. Assim, somente assuma a responsabilidade por aquilo que possa fazer com qualidade e dentro do prazo. Até mesmo seu chefe deve receber um “não” quando for necessário.
2. Administre seu tempo de forma que consiga gerenciar suas atividades (profissionais e pessoais). Organize-se.
3. Entenda que suas tarefas devem ser realizadas dentro do horário de expediente e que fora disso, só em casos excepcionais.
4. Seja disciplinado
5. Recursos tecnológicos como smartfones, tablets, etc. devem ser utilizados a seu favor. O uso indiscriminado como responder mensagens e atender chamadas, por exemplo, irá atrapalhar a realização das tarefas.

Bom trabalho!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário