ANO XIV

ANO XIV - Catorze anos informando sobre o mundo do trabalho

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

IBGE DIVULGA PESQUISA SOBRE O TRABALHO INFANTIL NO BRASIL

 A notícia não é alentadora. A PNAD-Contínua (Pesquisa Nacional de Amostra pro Domicílio – Contínua) apontou que em 2016 quase 1 milhão de crianças trabalham de forma ilegal ou irregular, entre 1,8 milhões de jovens (menores de idade) que trabalham.

A pesquisa mostrou que há 190 mil crianças trabalhando de forma ilegal, que estão na faixa entre 5 e 13 anos, ou seja, são consideradas realizando trabalho infantil. Dessas crianças, apenas 26% eram remuneradas. A ocupação exercida por elas engloba o trabalho para o próprio sustento, afazeres domésticos ou ambos. O maior número de crianças em trabalho infantil ocorre nas regiões Norte e Nordeste.

A PNAD não consegue demonstrar outras situações do trabalho infantil como a questão da periculosidade e insalubridade a que essas crianças podem estar sendo submetidas, já que a pesquisa não tem essa finalidade nem meios para apurar essas situações.

Link para o IBGE/ PNAD-C :
https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-sala-de-imprensa/2013-agencia-de-noticias/releases/18383-pnad-continua-2016-brasil-tem-pelo-menos-998-mil-criancas-trabalhando-em-desacordo-com-a-legislacao.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário